Diferi inter la revizi di Krimino

49 bitokojn aldonis ,  antaŭ 5 jaroj
mikra korektigi
(kelka korektigi. + kurta texto)
(mikra korektigi)
'''Krimino''' esas grava desobedio di la [[lego]]. Plu exakte, krimino esas la praktiko di agadi konsiderata kontre-lega.<ref name=":0">{{CitarCite web|título title= DEL3914DECRETO-LEI Nº 3.914, DE 9 DE DEZEMBRO DE 1941.|URLurl = http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/Del3914.htm|obrapublisher = www.planalto.gov.br|acessadoem accessdate= 28ma di oktobro 2015-10-28}}</ref> Nur konsideresas krimini l'agadi praktikata per homi. Exemplo: se un animalo mortigas un homo ol ne praktikis krimino, ma se un homo mortigas altra homo sen esar en situeso di propra defendo, to esas krimino.
 
<!-- (talvez algumas informações da pt.wiki aqui reproduzidas possam ajudar a ampliar o texto):
Como conceito analítico, o crime pode ser dividido em duas vertentes: a causalista e a finalística. A teoria causalista da ação (ou Teoria Clássica), observa o crime como um fato tipificado como tal por lei e [[Ilicitude|ilegal]]. Tal divisão baseia-se na premissa de que a culpabilidade é um vínculo subjetivo entre a ação e o resultado de certa conduta e não é considerada como quesito para caracterizar um crime, mas apenas dosar sua pena.
 
Para a teoria finalista da ação, a mais aceita pelos doutrinadores, uma conduta só será considerada criminosa se for típica, ilícita e culpável, uma vez que os motivos e objetivos subjetivos do agente são analisados e decisivos para a caracterização ou não da Infração. A conduta só será considerada criminosa se for reconhecido o [[Dolo]] na motivação do agente criminoso, ou a [[Culpa]], quando a Lei Penal expressamente prever esta possibilidade.<ref name=":1">{{Cite web|title = A teoria finalista da ação|URLurl = http://jus.com.br/artigos/6797/a-teoria-finalista-da-acao|publisher = Jus Navigandi|publicado = https://plus.google.com/112395717382978061697|accessdate= 28ma di oktobro 2015}}</ref>
 
-->
Krimini povas eventar per volunto de la kriminal agento (kande lu deziras praktikar la krimino) o kelkakaze anke per kulpo de l'agento, kande per lua neglijo, neprudenteso o nekapableso la situeso definita en la lego eventas. Exemplo pri krimino per kulpo: ulu qua ne savas vehar decidas experimentar ol sen tutelo, kauzas acidento e mortigas pedirero. La vehinto ne dezirabis mortigar la pediranto (lu ne konsideris la pediranto lua enemiko), ma pro nekapableso produktis la mortiganta acidento.
== Tipi di krimini ==
 
* kontre la [[persono]] : [[violaco]], [[proxeneteso]], [[tormento]], [[mala labor-stando]]<!-- impor condições de trabalho degradantes a uma pessoa -->, [[sklaveso]], [[hom-ocidohomocido]], [[gentocido]], [[krimino kontre homaro]], helpar [[su-ocidosuocido]], ec.
 
* kontre la [[kozo]] (privata patrimonio): [[rapto]], [[eskroko]], [[fido-misuzo]], [[celo]], [[furto]], [[pirateso]], destruktajo di patrimonio ec.
93 153

redakturi